Tel.: +55 11 5181.0222

Mês positivo para a indústria de veículos de duas rodas

Produção e vendas em abril apresentam bons resultados em comparação ao mesmo mês de 2007, mas a ordenação no crescimento precisa ser priorizada e respeitada

O setor de veículos de duas rodas apresentou no mês de abril continuidade no ritmo de crescimento em produção e vendas, confirmando as previsões da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares. A produção registra um incremento de 34,3% e as vendas no mercado interno contabilizam um aumento de 36,1% se comparados ao mesmo mês do ano passado.

Responsabilidade

O crescimento sucessivo do setor, com a aceitação cada vez maior da motocicleta como veículo de transporte individual de baixo custo e manutenção acessível à todas as camadas da população economicamente ativa, vem ampliando a produção do parque industrial e atraindo new commers de várias partes do mundo. Vários grupos empresariais têm manifestado interesse pela implantação industrial e comercial de novas marcas, reforçando a previsão de incremento setorial.
Embora promissor este crescimento demandará, em futuro próximo, grande aporte em investimentos adicionais por parte dos novos players na implantação de redes de concessionários, estoque de peças de reposição, treinamento de agentes comerciais e técnicos, suporte e garantia aos novos consumidores. Para a Abraciclo este será o verdadeiro crescimento do setor, com a correspondente ampliação do mercado de trabalho, mas alerta para a necessidade de solidez no processo. “A chegada de novos parceiros de mercado é bem vinda desde que suportada por alta capacitação industrial, investimentos institucionais em educação e segurança e apoio aos usuários no serviço de pós-venda”, declara Paulo Shuiti Takeuchi, presidente da entidade, chamando a atenção para a necessidade de coerência e responsabilidade no crescimento.

Os fabricantes de motocicletas registram nos primeiros quatro meses deste ano um acumulado de 730.994 novas unidades produzidas no país um crescimento de 26,3% se comparado as 578.612 do mesmo período do ano anterior. Só neste mês saíram das linhas de montagem das empresas instaladas no Pólo Industrial de Manaus 190.792 novas motocicletas um aumento de 34,3%, em relação a abril de 2007, onde foram produzidas 142.017 unidades. Se comparado a março de 2008, que registrou a fabricação de 184.790 motocicletas, a produção apresenta um incremento de 3,2%.

As vendas no mercado interno também apresentam bons resultados. Foram comercializadas 181.455 motocicletas um aumento de 36,1% se comparado aos 133.320 registrados em abril do ano passado. Um aumento de 4,1% também pode ser observado em relação ao mês de março onde foram vendidas 174.256 novas motocicletas.
Segundo o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi, o país desponta como um dos cinco principais produtores mundiais de motocicletas, no entanto é muito importante manter o crescimento sustentável. “Ações responsáveis, investimentos e políticas de qualidade, durabilidade e suporte técnico aos produtos são primordiais para vislumbrarmos o desenvolvimento do setor”, afirma Takeuchi.

Ação Moto Check Up

Cumprindo seu objetivo de zelar institucionalmente pelo setor e sua evolução, a entidade que congrega a indústria do transporte de duas rodas tem envidado esforços no sentido de apoiar e promover ações que contribuam, para a melhora da educação e segurança na utilização dos veículos. A constância nessas ações terá efeito positivo e trará repercussões junto a outros setores organizados da sociedade para que façam o mesmo.

Caminhando na direção da meta pretendida, a Abraciclo realizará nos dias 13,14 e 15 de maio, das 08:30h às 16:30h, no pátio do hipermercado Extra, na rua Samuel Klabin, 193, na zona oeste da Cidade de São Paulo, próximo ao viaduto de acesso à Rodovia Anhanguera, o Moto Check Up, uma ação educativa e de incentivo a condução segura destinada aos usuários de motocicletas. A atividade tem como objetivo avaliar as condições mecânicas dos veículos de duas rodas, a situação dos itens de proteção como o capacete, além de exibir para os motociclista um filme educativo com a apresentação de dicas de boa condução e pilotagem.

Caso o condutor não seja motofretista a ação visa também incentivar o profissional a se cadastrar no DTP - Departamento de Transportes Públicos da Secretaria Municipal de Transportes da Cidade de São Paulo, e receberá informações de como se inscrever no curso de Condumoto da CET – Companhia de Engenharia de Tráfego.

JoomShaper