Tel.: +55 11 5181.0222

Indústria de Motocicletas faz primeiro balanço de 2008

Os números de produção e vendas apontam recuperação dos números de dezembro e avançam na consolidação do segmento transporte de duas rodas

A indústria brasileira de motocicletas continua apresentando crescimento dentro dos patamares já previstos pela Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – em seu encerramento de 2007, quando fez suas previsões para este ano. Os dados levantados em janeiro assinalam que o ano de 2008 representará a consolidação do mercado de motos no País e a efetivação da motocicleta como veículo de transporte de qualidades adequadas à utilização do brasileiro.

Os números referentes à produção em janeiro deste ano apontam 184.879 mil unidades produzidas, contra um pouco mais de 149 mil motocicletas produzidas no mesmo mês do ano passado, um aumento de 24,1%.

As montadoras também contabilizam bons resultados em vendas. Os números chegam a 171.046 mil unidades comercializadas, um crescimento de 27,9% se comparado a janeiro do ano anterior.

Segundo o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi, a entidade entende que a diferença acentuada do mês de dezembro para janeiro deveu-se à recuperação da demanda momentaneamente reprimida naquele mês e demonstra a volta do mercado aos patamares já esperados pelo setor. “Devemos considerar que os altos números de crescimento registrados em janeiro devem-se, em parte, ao desempenho modesto de dezembro em relação à produção e vendas no mercado interno, que permaneceram atipicamente próximo as 85 mil unidades”, analisa Takeuchi.

Já as exportações contabilizam 6.048 mil unidades vendidas ao mercado externo, uma queda de 39,7% se comparada a idêntico período de 2007, que registra 10.038 mil motocicletas. Em dezembro foram exportadas 9.300 mil unidades, o que representa uma queda de 35% em janeiro.


O setor

A Abraciclo planeja, já para o 1° semestre de 2008, dando seguimento a seu programa de ações institucionais, evoluir nos trabalhos de fomento e disseminação dos conceitos de segurança aos usuários de veículos de duas rodas, concentrando esforços institucionais nesse sentido. Entre as atividades pretendidas está a realização de um fórum de debates sobre o tema.

No setor, a Abraciclo tem mantido e desenvolvido contatos na área governamental no intuito de colocar à disposição das autoridades conhecimento e experiência, dados e estatísticas, nacionais e internacionais, que possam colaborar de alguma forma com as soluções pretendidas para a utilização segura das motocicletas, seja para transporte, trabalho ou lazer.

JoomShaper