Tel.: +55 11 5181.0222 / Fax: +55 11 5181.5289

Motociclistas podem fazer check-up grátis de Motos na Marginal Tietê

Motociclistas podem fazer o check-up gratuito de suas Motos, a partir desta segunda-feira (15) e até dia 19, na Marginal Tietê, em São Paulo. Na 20ª edição do Moto Check-Up, 21 itens das motocicletas serão avaliados e os usuários receberão dicas de pilotagem defensiva.

Em 2017, ao menos 10 motociclistas morreram em acidentes nas Marginais Pinheiros e Tietê, segundo levantamento feito pelo SP1. Segundo dados da PM, nos três primeiros meses de 2017, foram 288 acidentes envolvendo Motos nas Marginais, este índice representa aumento de 67% na comparação com o mesmo período de 2016.

Quem participar da revisão gratuita, que não tem caráter de fiscalização, pode receber brindes e vales para a troca de óleo dos veículos. O Moto Check-Up é uma iniciativa da associação das fabricantes de Motos (Abraciclo), a prefeitura de São Paulo e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

De acordo com a organização, cerca de cinco mil motociclistas devem participar nos 5 dias, que acontece nos baixos da Ponte Governador Orestes Quércia, a “Estaiadinha”, no lado oposto ao Parque Anhembi, das 10h às 16h.

Segundo levantamento realizado nas 19 edições do MotoCheck-Up, o freio traseiro, com 33,4%, é o item que lidera as estatísticas de necessidade de reparo e/ou substituição nas motocicletas, seguido da relação (transmissão), com 27,4%, e freio dianteiro, com 27,3%.

Blitz Educativa
Além da revisão, a Abracilo promove "Blitzes educativas" pela cidade, em 15 pontos, nas principais vias que dão acesso ou estão relacionadas ao tráfego das Marginais Tietê e Pinheiros, como as avenidas Bandeirantes, Rebouças, Faria Lima, Tiradentes, Salim Farah Maluf, Aricanduva e Estrada do M’Boi Mirim, entre outras.

Serão três blitzes diárias em cinco dias, com a distribuição de 900 mil panfletos educativos. Os folhetos possuem cinco temas: sinalização durante mudança de faixa, o uso correto do equipamento de segurança, excesso de velocidade, uso do celular e o comportamento do condutor.

Estas ações fazem parte do programa "Maio Amarelo".

 

FONTE: G1 - SP

DATA: 14/05/2017

 

JoomShaper