Tel.: +55 11 5181.0222

Produção de Motocicletas cresce em maio

A indústria de Motocicletas avançou no mês de maio. As fabricantes instaladas no Polo industrial de Manaus (PIM) tiveram alta de 10,7% na comparação com o mês anterior. Com 100.997 unidades, a produção foi 3,9% maior que a do mesmo mês de 2018.

As informações são da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, CicloMotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Para o presidente da associação, Marcos Fermanian, os financiamentos por Crédito Direto ao Consumidor (CDC) e consórcios, que juntos representam 70% das vendas do mercado nacional, auxiliaram na recuperação do setor. “O aumento de produção é um reflexo direto da retomada dos negócios no varejo, estimulados pela maior concessão de crédito, por os agentes financeiros estão mais seguros para oferecer linhas de financiamento para o consumidor”, disse.
A produção acumulada nos cinco primeiros meses de 2019 alcançou as 468.962 unidades, representando um avanço de 5,3% ante o mesmo período do ano anterior, quando foram 445.212 unidades.
Já o repasse para as concessionárias, ou seja, vendas no atacado, cresceu 6% em relação a abril, somando 95.695 unidades. O número representa uma expansão de 8,8% em relação às vendas do mesmo mês no ano anterior.
O acumulado do ano alcançou 456.603 Motocicletas, alta de 14% em relação ao mesmo período de 2018.
De acordo com levantamento do Registro Nacional de Veículos AutoMotores (Renavam), analisado pela Abraciclo, foram emplacadas um total de 97.989 Motocicletas no mês de maio, equivalente a um crescimento de 20,6% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Em relação ao mês de abril, o avanço foi de 4,9%.
A média diária de vendas no mês foi de 4.454 Motocicletas, considerando os 22 dias úteis de maio. Esse volume representa o melhor resultado desde junho de 2015 e equivale a avanços de 12,2% e 0,2% em relação a maio de 2018 e abril de 2019, respectivamente.
De janeiro a maio, o total de Motocicletas emplacadas subiu 17,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando 450.011 unidades.
Exportações
As exportações das fabricantes instaladas no PIM chegaram a 3.232 Motocicletas em maio. O valor representa uma queda de 51,3% ante o mesmo mês de 2018. Em relação a abril, as vendas para o exterior cresceram 10,5%.
Os dados do portal de estatísticas de comércio exterior Comex Stat, analisados pela Abraciclo, mostram que a Argentina, com 58,6% de participação, foi o principal destino dos veículos em maio. Em seguida, está a Colômbia, com 24,2% de participação. E em terceiro lugar estão os Estados Unidos, que têm 9% de participação.
As exportações dos primeiros cinco meses do ano nas fábricas instaladas no PIM somam 17.538 unidades, com uma queda de 52,1% ante o registrado no mesmo período de 2018.
Desempenho por categoria
A categoria de Motocicleta mais vendida no Brasil, a Street, teve 45,285 unidades comercializadas, representando 47,3% de participação no total das vendas. Em segundo lugar, está a Trail, com 20% de participação, seguida pela Motoneta, que tem 16,2%.
Confira as características e participação de cada categoria:
StreetMotocicleta de baixa ou média cilindrada destinada ao uso urbano. Participação: 47,3%;
Trail – Motocicleta de baixa ou média cilindrada destinada ao uso misto, tanto em vias pavimentadas quanto em terreno não pavimentado. Participação: 20%;
Motoneta – Motociclo underbone, destinado ao uso urbano, de baixa cilindrada e dotado de câmbio automático ou semiautomático. Participação: 16,2%
Scooter – Motociclo de câmbio automático ou semiautomático, concebido para privilegiar o conforto. Participação: 9,9%;
Naked – Motocicleta sem carenagem, com Motor propositalmente exposto e de alto desempenho, concebida para a utilização em terrenos pavimentados. Semelhante a uma Motocicleta versão “Sport” sem a carenagem. Participação: 2%.
Desempenho da produção de scooters
Os emplacamentos de Scooters em maio alcançaram 9.113 unidades, correspondente a uma alta de 56,7% na comparação com o mesmo mês de 2018 e 17,8% em relação a abril deste ano.
O volume de vendas acumulado do ano da categoria é de 35.582 unidades, com avanço de 22% em relação aos cinco primeiro meses do ano anterior.

 

FONTE: Estadão.com.br -  SP

DATA: 12/06/2019

JoomShaper